Como manter um peso saudável

Neste artigo, vamos abordar como manter um peso saudável. Seu índice de massa corporal (IMC) pode ser calculado dividindo o seu peso em quilogramas pelo quadrado da sua altura em metros. Se sua IMC está abaixo de 20, você está abaixo do peso.

Você deve ter cuidado para não perder mais peso e deve consultar um médico. Se sua IMC está entre 20-25, seu peso está adequado para sua altura. Se sua IMC está entre 25-30, você esta um pouco acima do peso.

A menos que sua saúde seja afetada (artrite, por exemplo, é piorada com o excesso de peso) não precisa se preocupar. Se sua IMC está acima de 30 você está acima do peso e deve considerar uma dieta ou sua saúde irá ser prejudicada.

Com o IMC maior do que 30 existe um risco maior para várias doenças, incluindo as doenças coronarianas, hipertensão, alguns cânceres, diabetes, problemas músculo-esqueletais, disfunções reprodutivas e doença da vesícula biliar. Se você estiver preocupado com seu peso, seu clínico-geral estará apto a aconselhá-lo e pode encaminhá-lo a um nutricionista.

PERDENDO PESO INTELIGENTEMENTEvida saudavle

Para perder peso você deve ingerir uma dieta rica em fibras, baixa em gordura, que siga as diretrizes dadas, mas em porções menores. De preferência a biscoito fit, uma vez que você atinja um peso adequado e um IMC abaixo de 30, você deve adotar uma dieta balanceada sem muitas calorias. O exercício é uma parte importante da manutenção do peso. Ele não precisa ser extenuante, somente o suficiente para que se sinta um pouco ofegante – uma caminhada, por exemplo – tente exercitar-se de 20 a 30 minutos duas ou três vezes por semana.

Muitos clínicos gerais podem agora, prescrever um programa de condicionamento físico para o centro de esportes local. Isto pode estar disponível sem custo ou por uma pequena taxa. Recomenda-se uma perda de peso de 0,5 kg por semana. Se você perder peso muito rápido, pode perder tecidos do corpo que não estão associados com excesso de peso (massa magra). Isto tomará mais difícil manter o novo peso. Você irá perder mais peso no início da dieta porque seu corpo usa todo o estoque de glicogênio de seu fígado e músculo. O glicogênio é normalmente utilizado até o fim da primeira ou segunda semana de sua dieta.

A quantidade de peso que você perderá inicialmente vai depender da quantidade de energia e carboidratos presentes em sua dieta antes de ter começado o regime. Se você estivesse comendo uma dieta baixa em carboidratos seus estoques de glicogênio serão menores do que aqueles que comem grandes quantidades.

ALIMENTANDO CRIANÇAS

Até a idade de quatro meses, o leite materno ou fórmula fornecem todos os nutrientes que um bebê precisa. Você pode começar a introduzir sólidos por volta desta época, começando com arroz para bebês, depois purê de frutas e vegetais. Nas semanas e meses seguintes, você pode gradualmente aumentar a quantidade e textura dos alimentos, para que, com 12 meses, seu filho esteja comendo uma dieta variada de três refeições e dois ou três lanches. A introdução de texturas diferentes vai estimular a criança a mastigar. Se você optar por comida pronta ou preparada em casa é uma questão de escolha pessoal. O preparo das refeições para o bebê não precisa consumir muito tempo ou ser difícil, e é certamente mais barato. Por exemplo, você pode fazer uma porção extra de um prato em particular, como fruta e vegetais, quando estiver cozinhando para a família. Porções extras podem ser transformadas em purê e congeladas. Lembre-se de não colocar sal ou açúcar antes de separar a porção da criança. Mantenha as porções pequenas no começo. Desta maneira não desperdiçará muito caso seu bebê não goste de uma comida em particular.

Embora as crianças com menos de dois anos não devam comer muita gordura, não há necessidade de que adotem uma dieta com poucas gorduras. Elas necessitam de muita energia para crescer, parte da qual pode ser fornecida pelas gorduras. Com cinco anos, seu filho deverá estar comendo um cardápio balanceado similar àquele consumido pelo resto da família.