17 segredos para obter o corpo ideal

A maioria das mulheres quer ter um corpo esbelto, tonificado e exercitado. Por isso, muitas de nós realizamos rotinas de exercícios e comemos de forma saudável. No entanto, hoje queremos ensinar-lhe 17 segredos que o ajudarão a alcançar o corpo ideal e perder a barriga em apenas 1 semana!

1. Certifique-se de ter café da manhã: Há evidências científicas de que tomar um café da manhã rico em proteínas e fibras ajuda a perder peso.

2. Aumentar sua ingestão de proteínas: O corpo precisa de mais energia para digerir alimentos ricos em proteínas, algo que ajuda a perder peso. Eles também mantêm a gordura muscular quando você emagrece, ao mesmo tempo em que faz você se sentir satisfeito e manter seu metabolismo.

3. Dormir 8 horas: Vários estudos mostram que as pessoas que dormem pelo menos 8 horas por noite, perdem peso e ficam mais facilmente.

4. Faça mini exercícios: Acelere seu metabolismo fazendo exercícios curtos durante o dia.

5. Comer alimentos coloridos: frutas e legumes são baixos em calorias e ricos em vitaminas e minerais. Encha seu prato com eles e observe como os quilos desaparecem.

6. Coma mais fibra: Alimentos ricos em fibras geralmente são baixos em calorias. Um exemplo deles é o brócolis. Consumir esses alimentos para diminuir sua ingestão calórica.

7. Planeje suas refeições no horário: Planeje suas refeições com antecedência para facilitar a manutenção de uma dieta saudável.

8. Coma aveia no café da manhã: O corpo digere a aveia lentamente enquanto o preenche. Coma aveia no café da manhã e você não terá fome até o almoço.

9. Coma gorduras saudáveis: gorduras saudáveis , como as encontradas em amêndoas, salmão ou azeite, ajudam você a se sentir mais satisfeito.

10. Beba água: É fácil pensar que estamos com fome quando estamos com sede. Beba água antes de cada refeição para ter certeza.

11. Levante pesos: os músculos queimam quatro vezes mais calorias que a gordura. Realize trabalho muscular para esculpir o seu corpo e acelerar o seu metabolismo.

12. Dirija uma bicicleta: Transforme sua viagem diária em uma atividade de gasto de calorias.

13. Coma menos em restaurantes: os restaurantes são conhecidos por adicionar sal, temperos e óleos à sua comida. Tente comer apenas alimentos cozidos em casa para evitar o excesso de calorias.

14. Prefere líquidos: Prefere batidos e sopas antes do pão.

15. Use um monitor pessoal: Invista em um fitbit ou outro monitor eletrônico para registrar seu exercício diário.

16. Substitua os grãos refinados por grãos integrais: prefira arroz integral em vez de branco e integral em vez de tradicional. Grãos integrais têm mais fibras, proteínas e vitaminas do complexo B.

17. Coma devagar: Ter tempo para desfrutar da sua refeição permite avaliar se você ainda está com fome. Demora 20 minutos para o corpo se sentir satisfeito, por isso não se apresse para o almoço.

Como melhorar o sexo e ter uma terapia com o seu parceiro?

Se o problema for grande ou pequeno, há muitas coisas que você pode fazer para obter um sexo melhor. Seu bem-estar sexual anda de mãos dadas com sua saúde mental, física e emocional. Comunicando-se com o seu parceiro, mantendo um estilo de vida saudável e simplesmente se divertindo pode ajudá-lo a lidar com os tempos difíceis.

Desfrute de uma vida sexual satisfatória

Sexo, a palavra pode evocar muitas emoções. Do amor, emoção e sensibilidade, nostalgia, ansiedade e desapontamento, as reações são tão variadas quanto as experiências sexuais. Além disso, muitas pessoas encontrarão todas essas emoções e muitas outras no curso de uma vida sexual que dura várias décadas.

Mas o que é sexo realmente?

Por um lado, o sexo é apenas mais uma função hormonal dirigida e projetada para perpetuar a espécie. É claro que essa visão estreita subestima a complexidade da resposta sexual humana.

Como melhorar o sexo? Presta atenção!

Conversando com seu parceiro

Muitos casais acham difícil falar sobre sexo, mesmo nas melhores circunstâncias. Quando ocorrem problemas sexuais, sentimentos de dor, vergonha, culpa e ressentimentos podem interromper completamente a conversa.

O estabelecimento de um diálogo é o primeiro passo não só para uma vida sexual melhor, mas também para um vínculo mais próximo e emocional.

Aqui estão algumas dicas para lidar com esse assunto delicado:

  • Encontre o momento certo para conversar.
  • Evite criticar.
  • Confie em seu parceiro sobre mudanças em seu corpo.
  • Ser honesto.

Você também pode comprar produtos eróticos para melhorar o relacionamento com seu parceiro, como por exemplo o estimulantes sexuais feminino.

O uso de estratégias de autoajuda

O tratamento de problemas sexuais é mais fácil agora do que antes. Medicamentos revolucionários e terapeutas sexuais profissionais estão ai para ajudar, se você precisar deles. No entanto, eles podem ser capazes de resolver pequenos problemas sexuais, fazendo alguns ajustes em seu estilo para fazer amor. Aqui estão algumas coisas que você pode experimentar em casa:

  • Eduque-se.
  • Dê tempo a si mesmo
  • Use lubrificação
  • Manter afeição física
  • Tente posições diferentes
  • Anote suas fantasias
  • Faça o exercício
  • Tente relaxar
  • Use brinquedos sexuais

Manter boa saúde

Como dissemos no início do texto, o seu bem-estar sexual anda de mãos dadas com a sua saúde mental, física e emocional. Portanto, os mesmos hábitos saudáveis ​​que você confia para manter seu corpo em forma também podem servir para melhorar sua vida sexual.

  • Não fumar
  • Consumir pouco álcool
  • Boa alimentação

Sexo engraçado

Mesmo no melhor momento dos relacionamentos, o sexo pode se tornar entediante depois de vários anos. Com um pouco de imaginação, você pode reacender a faísca.

  • Seja aventureiro
  • Seja sensual
  • Seja brincalhão
  • Seja criativo
  • Seja romântico

Tome estas dicas e você conseguirá melhor sexo com seu parceiro.

4 kg em 15 dias com a dieta chapa-barriga

O desafio de conquistar uma barriga lisinha passa obrigatoriamente por uma alimentação equilibrada, de preferência com itens que facilitem a queima de gordura nessa área. Portanto, não estranhe a presença diária do abacate na dieta chapa-barriga, elaborada pelo consultor em nutrição Alfredo Galebe, de São Paulo. As pesquisas confirmam: essa fruta tem substâncias que ajudam a reduzir o volume abdominal.

Com 1500 calorias diárias, em média, o cardápio também prioriza carboidratos complexos, proteínas magras e gorduras boas em todas as refeições (do café da manhã ao jantar). “A combinação desses três nutrientes é importante para baixar a carga glicêmica do prato, evitando picos de insulina – hormônio que, produzido em excesso, faz com que o organismo estoque gordura”, explica Galebe. Ou seja, você pode comer massa e pão até no jantar – desde que em porções moderadas e sempre acompanhadas de uma carne magra e azeite de oliva, por exemplo.

E o abacate, onde entra? Na ceia, sozinho e puro (não vale usar nem adoçante). “Três colheradas antes de dormir intensifica a ação do hormônio GH, que tem o pico de produção à noite.” O que isso tem a ver com a barriga chapada? “O GH ajuda a formar músculos e faz o organismo usar a gordura estocada no abdômen como fonte de energia.” Você nota a diferença em poucos dias!

Como entra a dieta

Café da manhã

Opção 1

  • 1 xíc. (chá) de café com leite desnatado (ou leite de soja light) e adoçante
  • 1 fatia de pão integral light com 1 col. (sopa) de creme de ricota light e 1 ovo mexido temperado com 1 col. (chá) de azeite, sal e orégano

Opção 2

  • 1 xíc. de chá de ervas
  • 1 pão francês sem miolo com 2 col. (chá) de requeijão light e 2 fatias de presunto magro (ou peito de peru light)

Opção 3

  • 1 maçã batida com 1 copo (300 ml) de água e 2 col. (sopa) de proteína em pó (tipo whey protein)
  • 6 amêndoas cruas sem sal

Lanche da manhã

Opção 1

  • 1 torrada integral light com 2 col. (chá) de cream cheese light (ou creme de ricota light)
  • 2 fatias de peito de peru light

Opção 2

  • 1 barra de proteína pequena ou 1/2 barra grande

Opção 3

  • 1 fatia de melão
  • 2 fatias de presunto magro
  • 3 amêndoas cruas sem sal

Almoço

Opção 1

  • 1 prato (sobremesa) de folhas verdes (alface, rúcula) com sal, vinagre e 1 col. (sopa) de azeite
  • 3 col. (sopa) de arroz integral
  • 1 concha pequena de feijão
  • 1 filé médio (100 g) de alcatra grelhado

Opção 2

  • 1 pegador de espaguete integral com 1 pires de brócolis no vapor e pesto* (ou 1 col./sopa de azeite)
  • 1 filé grande (150 g) de salmão grelhado
  • 1 taça de gelatina diet

Opção 3

  • 1 prato (sobremesa) de folhas verdes com 1 pires de legumes (cenoura, ervilha) no vapor com sal, vinagre e 1 col. (sopa) de azeite
  • 3 col. (sopa) de arroz integral
  • 1 peito de frango (100 g) grelhado
  • 1 fatia média de abacaxi

Lanche da tarde

Opção 1

  • 1 pote de iogurte desnatado batido com 1 col. (sobremesa) de abacate (adoçante a gosto)

Opção 2

  • Salada de fruta: 1/2 fatia de abacaxi, 1/2 maçã, 1 col. (sopa) de abacate e 1 col. (sopa) de queijo cottage (canela e adoçante a gosto)

Opção 3

  • 1 fatia de pão integral light com 1 col. (sopa) de azeite, 1 fatia de queijo branco, 2 fatias de peito de peru light e 1 tomate

Jantar

Opção 1

  • 1 prato (fundo) de sopa feita com mandioquinha, inhame e carne cozida em cubos (acrescente 2 col./chá de azeite no final do preparo)
  • 1 fatia de pão integral light com 1 col. (chá) de requeijão light (ou creme de ricota light)
  • 1 fatia média de melão

Opção 2

  • 1 prato (sobremesa) da alface-americana, 5 tomates-cereja, 3/4 de lata de atum light, 1 ovo cozido, 3 azeitonas verdes, 1 col. (sopa) de guacamole*
  • 1 fatia média de abacaxi

Opção 3

  • 1 prato (sobremesa) de rúcula com 1 azeitona preta, 2 col. (sopa) de queijo cottage e 2 col. (chá) de azeite e sal
  • 1 pão francês sem miolo com 4 fatias de rosbife (ou presunto magro)
  • 4 morangos

Antes de dormir

  • 3 col. (sopa) de abacate
  • Café ou chá sem açúcar à vontade.
  • Beba no mínimo 8 copos de água por dia.

Alimentos que combatem a inflamação e a retenção de líquidos

Certos alimentos promovem a inflamação intestinal e a retenção de líquidos, fazendo com que você apresente alguns sintomas desconfortáveis, irritantes e às vezes doloridos.

Neste post vou te ensino quais são os melhores alimentos para combater esses problemas, que também melhoram o sistema digestivo e evitam gases.

Alimentos que combatem a inflamação e a retenção de líquidos

Iogurte natural

Se você não é intolerante à lactose, o iogurte natural é um ótimo aliado. Por ter culturas vivas ativas, favorece o sistema digestivo e previne a inflamação.

Iogurtes com adoçantes artificiais tendem a gerar esses processos inflamatórios, por isso é melhor evitá-los e se você quiser mais sabor, misture frutas com a versão natural. Também é possível adicionar suplementos como whey protein para aumentar a ingestão de proteína e contribuir para perda de peso.

Espargos

Espargos é um excelente diurético natural e também tem um efeito benéfico sobre o sistema digestivo, graças ao seu alto teor de fibras. Além de tudo isso, tem pré-bióticos que mantêm a flora intestinal saudável e reduzem o gás.

Bananas

Quando a dieta habitual envolve a ingestão de uma grande quantidade de sódio, é necessário um pouco mais de potássio para manter o equilíbrio eletrolítico e evitar a retenção de líquidos.

Além de reduzir a ingestão de coisas muito salgadas, você deve incluir bananas maduras.

Mamão

O mamão tem um alto teor de papaína, uma substância que além de minimizar a inflamação do intestino, também favorece a pele.

Cuidado, o excesso de mamão pode gerar gazes, então nada melhor do que limitar sua ingestão a algumas fatias dessa fruta no café da manhã.

Chá de ervas

As melhores opções são o chá de hortelã e o chá de camomila, pois ajudam a relaxar os músculos do sistema digestivo e a eliminar os gases.

Outras infusões de ervas que podem ajudar são o chá de raiz de dente-de-leão e chá de erva-cidreira.

Limão

Beber água com limão todas as manhãs é uma das melhores maneiras de manter o sistema digestivo em boas condições e evitar o inchaço.

Pepinos

Este vegetal é um diurético natural e diminui a inflamação graças ao antioxidante chamado quercetina.
Os pepinos também são ideais para reduzir os sacos sob os olhos, basta aplicar fatias frescas e deixe por 20 minutos.

Vinagre de maçã

Se você usá-lo em saladas ou beber uma colherada diluída em água pela manhã, o vinagre de maçã pode ser excelente para o sistema digestivo e combater o inchaço.

O gengibre

As propriedades anti-inflamatórias do gengibre fazem dele um dos melhores alimentos que combatem o inchaço, pois pode melhorar a digestão e reduzir o gás.

Você pode consumir o gengibre fresco com as refeições ou beber uma bebida de chá de gengibre.

Fonte: http://dicasparaperderbarriga.net/suplementos-para-definir-o-abdomen.html

Alimentação equilibrada para saude e exercicios

Um dos grandes problemas que a população mundial enfrentava até pouco tempo era a desnutrição. Muita gente passava fome no mundo e ainda passa. Mas, segundo novos levantamentos, já existem outros problemas tão grandes quanto esse, no que se refere à alimentação. A obesidade está empatada com a desnutrição entre os maiores problemas do setor.

Os hábitos alimentares da população mundial mudaram muito nos últimos séculos. Isso inclui até mesmo a forma de preparo e a produção dos alimentos. A vida da população de hoje não é a mesma de dois séculos atrás. Tudo tem de ser muito rápido e o mais prático possível. Ninguém mais tem tempo de comer calmamente ou parar para preparar os alimentos de forma adequada.

Isso tudo serve para comprovar que os nossos hábitos de vida influenciam bastante a nossa alimentação. E, em consequência, nos problemas ou benefícios para a nossa saúde. Vamos citar um exemplo. Uma pessoa só se alimenta de pratos prontos, devido à praticidade do seu preparo. Mas esses produtos têm substâncias que podem prejudicar seu organismo. Depois de algum tempo, a pessoa começa a ter problemas de saúde, como os cardiovasculares.

É óbvio que se a alimentação dessa pessoa fosse saudável e seus hábitos também, isso não aconteceria. Para piorar a situação, muitas pessoas comem tudo que faz mal e não têm o hábito de se exercitar. Uns, por preguiça. Outros, por falta de tempo. Antigamente não tínhamos as facilidades que temos hoje, como elevadores, transporte, controle remoto etc. Por isso, o sedentarismo fazia menos vítimas. No fundo, todos se exercitavam. Mas e agora que ninguém quer se mexer do sofá para trocar de canal? Os resultados nós já conhecemos.

A obesidade é um problema muito sério que está ligado aos nossos hábitos de vida. Mas existe também um outro fator que pouca gente dá atenção. São as doenças como a anorexia e a bulimia. Elas também são problemas causados por nossos hábitos de vida e por falta de uma alimentação adequada.

O culto à magreza excessiva leva as pessoas a desejarem ser cada vez mais magras. Muitas param de comer. Esse é um problema de saúde e também psicológico. Mas também engloba uma alimentação adequada. São os hábitos modernos dominando a mente dessas pessoas que querem ser magras a qualquer custo.

Desta forma, é muito importante que prestemos atenção no que estamos fazendo com nosso corpo. Mudar hábitos de vida pode ser difícil no começo, mas não é impossível. A princípio, tenha em mente que exercício físico e a alimentação balanceada, com muitas frutas, legumes e verduras, vão fazer um bem enorme para você. E com isso, não haverá necessidade de se preocupar com a balança.

Exercícios para ajudar

Não basta só comer os alimentos certos e praticar atividades físicas. Algumas mudanças na sua rotina diária podem fazer toda a diferença na hora da dieta. Confira 6 dicas que vão te ajudar a emagrecer mais rápido.

1. Logo depois de acordar, enquanto espera o café ficar pronto, faça polichinelos. Queima 10 calorias por minuto.

2. Enquanto usa o secador de cabelos, faça agachamentos. Assim, elimina 70 calorias a cada cinco minutos.

3. Quando estiver sentado em seu trabalho, bata os dedos dos pés 25 vezes. O ato queima de 24 a 30 calorias.

4. Deixe o elevador de lado e prefira as escadas. Você elimina 10 calorias por lance de escada.

5. Enquanto aguarda seu jantar ficar pronto no micro-ondas, que tal fazer agachamento apoiado na parede? Dessa forma, dá adeus entre 12 e 15 calorias a cada 30 segundos.

6. Antes de dormir, aposte em cinco minutos de abdominais para queimar 40 calorias.

Vitamina D e sua importância para a saúde

vitamina D desempenha um papel essencial no nosso corpo, porque através dele o nosso corpo pode absorver melhor o cálcio e o fósforo que necessitam nossos ossos e prevenir doenças como o raquitismo.

O que é vitamina D?

A vitamina D é apresentado como um micronutriente que, entre muitos outros processos vitais, ajuda a absorção de cálcio a partir da nossa estrutura óssea, a manutenção dos valores estáveis de pressão sanguínea ou a utilização adequada de insulina nas nossas células.

O calciferol , como é conhecido desta vitamina no seu nome científico, pertence ao grupo de gordura – vitaminas solúveis, o que significa que necessita de gorduras para o transporte e é formado a partir de dois pro – vitaminas tais como D3 animais e D2 de origem vegetal.

Graças à acção de radiação ultravioleta recebida do sol, pele estes provitaminas são convertidos em colecalciferol (vitamina D3) e ergocalciferol (vitamina D2). Além disso, no fígado se tornar 25-hidroxicolecalciferol ou calcidiol e, subsequentemente, no rim irá tornar-se 1-25 di-hidroxicolecalciferol ou calcitriol, que é o produto mais activa da vitamina D para aumentar a absorção intestinal de cálcio e fósforo e reabsorção óssea.

A principal fonte de vitamina D é a luz solar. E é isso, uma exposição de dez minutos sobre três ou quatro dias por semana garantirá níveis adequados dessa vitamina em nosso corpo. Outra fonte é encontrada em alimentos como peixe azul, óleo de fígado de peixe, como bacalhau, gema de ovo, margarina, leite e produtos lácteos. A dose diária recomendada é de 5 microgramas, mas após 50 anos é aconselhável aumentar a sua ingestão para 10 microgramas por dia e até 15 microgramas por dia após os 70 anos.

Qual é a função da vitamina D?

A vitamina D encontra muitas funções diferentes no nosso corpo como eles são:

-Promove o crescimento e mineralização dos ossos.

-Poder a absorção intestinal de cálcio . Ao lado do hormônio da paratireóide, essa vitamina é capaz de mobilizar o cálcio do osso e aumentar a reabsorção tubular renal desse mineral.

-Igualmente, fortalece nosso sistema imunológico , sendo muito útil quando se trata de prevenir infecções ou a ameaça de qualquer agente externo.

-Vitamina D intervém na secreção de insulina do pâncreas e também participa na coagulação do sangue.

-Intervenes no crescimento celular e na transmissão de impulsos nervosos para os músculos.

Falta de vitamina D

A falta de vitamina D no organismo poderia causar uma diminuição na capacidade de absorção de cálcio pelo nosso intestino e ativar a glândula paratireóide, que produzirá uma quantidade maior de hormônios desse tipo. Estes últimos atuam na estrutura óssea, liberando sais de cálcio e fósforo. Ao mesmo tempo, atuará no rim, estimulando a perda de fósforo através da própria urina.

Por meio desta reação o organismo poderá estabilizar os níveis de cálcio no sangue, onde será fundamental para o funcionamento imediato dos sistemas que garantam o correto funcionamento de nosso organismo.

Sintomas

Alguns dos sintomas mais proeminentes que denotam a falta de vitamina D são os seguintes:

-Um dos mais notórios é a disposição do nosso organismo a sofrer de doenças respiratórias , uma vez que está provado que a vitamina D é capaz de reduzir a incidência de infecções respiratórias.

-A obesidade também pode ser um sintoma claro de baixos níveis de vitamina D, uma vez que este micronutriente pode ser retido pelo tecido adiposo, a ponto de reduzir sua presença em nosso corpo.

-O humor também pode ser afetado, no sentido de que reduzirá os níveis de serotonina , o hormônio cerebral da felicidade e que aumenta com a exposição à luz solar. Da mesma forma, é possível tender para estados depressivos.

– Ao longo dos anos, nosso corpo não produz tanta vitamina D em resposta à exposição solar, além dos rins serem menos eficientes para converter este micronutriente em sua forma ativa.

-Outro sintoma é a dor óssea por causa da vitamina D, já que a falta dessa vitamina pode causar uma absorção intestinal inadequada desse mineral.

-Excessiva sudorese na área do couro cabeludo é outro dos sintomas mais importantes da falta de vitamina D, devido à irritação neuromuscular que pode ocorrer.

-Os problemas gastrointestinais são comuns, porque a falta desta vitamina pode causar episódios de diarreia intercaladas com prisão de ventre e mostram sensibilidades ao glúten ou lactose, sem nunca celíaca ou intolerância ao leite.

Tratamento para a deficiência de vitamina D

O tratamento para a deficiência de vitamina D requer algumas destas indicações:

-Os suplementos de vitamina D na forma de preparações diárias e também concentrados para levar semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente. Quando esse tratamento não é suficiente, ele pode ser combinado com a ingestão de cálcio. Até que esses níveis sejam regulados, os exames de sangue geralmente são feitos a cada três ou seis meses. Seja como for, deve ser um profissional médico que prescreva esses suplementos.

-Na nossa dieta diária , devemos incluir alimentos como peixe gordo, como arenque, salmão, bem como gemas de ovos, alimentos fortificados e carne em si.

-Para que o corpo sintetize a absorção de vitamina D, a exposição à luz solar será vital para aumentar os níveis deste micronutriente. Esta exposição deve ser controlada e prescrita pelo nosso médico.

Alimentos ricos em vitamina D

Alguns dos alimentos mais importantes ricos em vitamina D são os seguintes:

Um dos alimentos com a quantidade mais elevada de vitamina D é conhecida como bagre ou o peixe-gato, uma vez que 85 gramas deste peixe é capaz de produzir 425 unidades (Ui), que representam uma quantidade não negligenciável de 112,5% Diariamente recomendou vitamina D para um adulto.

-Para cada 100 gramas, o salmão torrados ou cozidos produz 360UI de vitamina D, o que representa para mais de 90% da dose diária recomendada de vitamina D. Em adição a estes gordo cavala e sardinha enlatada em óleo também realçar e fornecer 70% da quantidade recomendada de vitamina D.

-O conservas de atum é também um grande aliado, a tal ponto que 85 gramas deste produto pode conter até a 200 IU, dando -nos a metade das necessidades diárias geradas por este micronutriente.

-outros peixe rico em vitamina D que não se pode ignorar é a enguia, a tal ponto que 100 gramas deste produto irá proporcionar 200 UI de vitamina D , o que se traduz também como 50% da RDA.

‘No entanto, além de peixes gordos, podemos também fazer referência a do ovo inteiro, que fornece 20 UI de vitamina D (representa 6% CDR) e fígado bovino, que por 100 gramas vai trazer 4% do contribuição diária de vitamina D que o nosso corpo precisa.

Após a exposição à luz solar, os cogumelos também apresentam níveis consideráveis ​​de vitamina D, embora a dose de vitamina D nesses casos seja menor.

– Os óleos de fígado de peixe como o bacalhau não são insignificantes , capazes de oferecer 360% da quantidade desta vitamina recomendada.

– Outros alimentos são representados em ostras, cereais, creme, manteiga, margarina.

E você toma a dose recomendada de vitamina D ?

Fonte deste artigo!

A cura holística de desintoxicação para desintoxicação

Curas de desintoxicação vêm originalmente da homeopatia e Ayurveda. Não existe uma definição padrão de desintoxicação, e o mundo dos tratamentos de spa tem diferentes abordagens e métodos. Uma coisa que a maioria das curas de desintoxicação tem em comum é que elas tentam ligar venenos e vapores no corpo e, eventualmente, excluí-los.

Na medicina convencional, os métodos de desintoxicação e desintoxicação são vistos criticamente, muitas vezes são sorridos. A suposição da assim chamada “casa da base segura” no corpo é primariamente localizada em homeopatia e naturopatia. É o oposto do remédio saudável. Assim também os muitos cursos diferentes de desintoxicação, mas também os tratamentos de desintoxicação muito semelhantes.

Desintoxicação

Em uma dependência física, o organismo se adapta ao uso regular de drogas de tal forma que ele precisa da substância. Se a droga não é mais fornecida, os sintomas de abstinência aparecem. Em uma desintoxicação, o corpo é liberado da droga, de modo que o organismo não precisa mais. Existem diferentes métodos aqui:

A “retirada a frio” geralmente é feita em 7-14 dias sem suporte médico. No caso de “retirada de calor”, que dura cerca de 20 dias, os sintomas de abstinência são aliviados por medicação. A “retirada do turbo” refere-se a uma desintoxicação rápida (3-4 dias) sob anestesia. Uma abstinência física é sempre uma condição de risco para a saúde, e é por isso que geralmente ocorre em um ambiente hospitalar, supervisionado por pessoal qualificado.

Se a retirada física é acompanhada por atenção psicossocial, isso também é chamado de “desintoxicação qualificada”. Como proceder com o atendimento psicossocial é precisamente regulado. O principal objetivo é a integração social, o que significa que os cuidadores são apoiados em ser capazes de conduzir independentemente uma vida “normal” novamente…

Curas de desintoxicação não são irreais ineficazes

Os tópicos de saúde e nutrição são determinados principalmente por grupos de interesse específicos. Enquanto a medicina e farmacêutica tradicionais empresas negam os efeitos positivos de desintoxicação, mas ela encontra muitos terapeutas naturais, treinadores salutogenesis, mas também em clínicos gerais normais nos últimos anos muito popular.

Desintoxicação

Como a desintoxicação e a desintoxicação controversas são, elas celebram um sucesso tão grande. Especialmente na Internet, você encontrará várias dicas e truques, artigos e entradas no fórum sobre este tópico. O número de usuários com resultados positivos é enorme.

Muitos estão unindo forças on-line nas comunidades para dar conselhos sobre os tratamentos de desintoxicação. Embora os efeitos dessas curas não tenham sido cientificamente comprovados, a desintoxicação parece oferecer inúmeros benefícios para a saúde.

Curas de desintoxicação e desintoxicação funcionam

Embora existam muitos métodos e procedimentos diferentes para a desintoxicação. Se você está interessado em desintoxicação, você deve prestar atenção aos seguintes pontos:

  • Uma dieta natural, sustentável e variada;
  • Movimento suficiente;
  • Remineralização natural;
  • Suporte de purificação por chá (orgânico certificado);
  • Apenas suplementos naturais (a partir de matérias-primas renováveis, sem aditivos químicos ou sintéticos);
  • Uma limpeza suave do exterior com a ajuda de aditivos de banho alcalinos.

Uma desintoxicação promove boa saúde

Independentemente de o efeito de saúde positivo dos tratamentos de desintoxicação estar realmente relacionado com escórias dissolvidas e toxinas neutralizadas, os métodos de desintoxicação promovem a boa saúde. O foco deve estar sempre em uma mudança consistente e sustentável na dieta.

receita de suco detox para emagrecer

Além desta mudança para alimentos saudáveis ??e frescos e muito exercício, chás e suplementos naturais podem acompanhar a cura. Desintoxicação, desintoxicação e também Basenfastenkuren são, portanto, da medicina convencional clássica, mas também, sem dúvida, promoção da saúde, do ponto de vista homeopático. Apenas o “porquê” ainda não foi cientificamente refutado.

Tratamento de desintoxicação

Uma cura de desintoxicação é uma daquelas medidas que qualquer um pode fazer em casa regularmente – como medida de precaução para remover periodicamente a inundação constante de toxinas ambientais, privando-as do potencial de adoecer em algum momento.

Desintoxicação

Qualquer pessoa que já sofra de uma doença crônica pode aumentar significativamente as chances de cura ou, pelo menos, melhorar os sintomas com uma desintoxicação. Uma desintoxicação também é útil se houver um desejo por uma criança e você quiser oferecer ao seu bebê o melhor começo possível na vida. Porque se a mãe está sobrecarregada com metais pesados, toxinas ambientais, toxinas vivas, etc., então, naturalmente, o feto sofre.

Alimentos para ter unhas fortes

Mesmo que as mulheres estejam sempre comprando produtos para cuidar das unhas e indo a manicure, algumas se esquecem da importância da boa alimentação para cuidar da saúde das unhas. Por mais que elas pareçam um pequeno detalhe, seus cuidados vão além da estética, pois, unhas fracas e quebradiças ou com manchas frequentes, pode ser sinal de um déficit de nutrientes. Neste artigo você encontra alguns alimentos para ter unhas fortes.

alimentos para unhas

É preciso entender que a beleza vem de dentro pra fora, por isso é preciso entender que as unhas precisam de algumas vitaminas e minerais para seu crescimento e reparação. Na pequena lista a seguir você encontra alimentos e fica sabendo como ter unhas fortes.

Nozes e amêndoas

As nozes contém ômega 3, as amêndoas vitamina E, ácidos graxos, magnésio e cálcio. Esses minerais são essenciais para fortalecer as unhas e ossos, o que por sua vez, permitem que sejam mais resistentes.

Salmão

O salmão está entre as carnes animais mais saudáveis, contém grande quantidade de vitamina D (encontrada em óleos de fígado de peixe), que é essencial para absorção de cálcio, que estimula o crescimento e força das unhas.

Iogurte

O certo é consumir o iogurte grego sem açúcar e começar a se despedir dos “danones” coloridos e doces da infância. Pois, o iogurte grego, contém os minerais importantes para o fortalecimento das unhas: ferro, biotina, proteína, magnésio, potássio e cálcio.

Frutas, folhas e leguminosos

Banana, feijão, brócolis, couve-flor, espinafre e outros, são uma das melhores opções para fortalecer as unhas. Esses alimentos têm alta quantidade de biotina e proteína, que são ajudam na produção de queratina, para fortalecer as unhas.

Ovos

Não poderíamos deixar de acrescentar o alimento mais completo, pois, os ovos são muito importantes para a manutenção e saúde das unhas e cabelos. Eles são ricos em proteínas, biotina e possuem grande quantidade de vitamina D e ferro.

O ferro é o mineral mais importante para unhas e cabelo, a deficiência desse mineral, causa queda de cabelo, afeta o crescimento e formação das unhas.

Água

Por mais óbvio que pareça, a hidratação é muito importante, não só para unhas e cabelos, mas para todo o organismo. Além de melhorar o bem estar, pele, unhas e cabelo, também combate o envelhecimento precoce.

Óleo de coco

O óleo de coco possui ácido láurico em sua composição. Ácido este que têm propriedades antimicrobianas. Fazer umectações capilares ou consumir o óleo auxilia na prevenção da queda de cabelo.

Esses são alguns alimentos que vão ajudar a ter as unhas que sempre sonhou, logo poderá estar exibindo suas unhas decoradas, longas e fortes. Você também pode optar por complementar a dieta, com suplementos a base de biotina para unhas fracas.

qual o melhor comprimido para dar energia e disposicao

Qual é o melhor comprimido para dar energia e disposição?

Se você chegou ao nosso artigo depois de tantas pesquisas, é um sinal claro que você necessita dessa informação, e respeitamos isso. E se me permite uma breve avaliação, sobra trabalho e compromissos, mas a energia anda escassa, não é verdade? Lembrando que todas as informações contidas no artigo não são receituários e nem incentivam o uso desenfreado de comprimidos sem prescrição médica, para qualquer uso consulte um profissional capacitado e veja qual substância é mais adequada para o seu metabolismo, o nosso papel é apenas passar informações relevantes para os nossos leitores.

Uma vez feitas as ponderações, vamos ao tema desse artigo, qual é o melhor comprimido para dar energia e disposição?

qual o melhor comprimido para dar energia e disposicao

Targifor C

Umas das marcas mais comerciais é o Targifor C, o próprio nome já diz, é um complexo rico em vitamina C, além da A arginina transforma o amoníaco tóxico, que causa cansaço e falta de disposição, em ureia atóxica e diurética². É um remédio muito eficaz se a prescrição na bula for respeitada, o seu preço é bem popular e a reposição de vitaminas sempre resultada num Up de energia e disposição. Consulte o seu farmacêutico.

Centrum

O Centrum é um complexo vitamínico mais completo que o nosso primeiro exemplo, ele vai suprir outras necessidades vitamínicas do seu corpo, o que pode proporcionar uma longevidade maior na sua disposição. Centrum vai de A a Zinco e a sua formula pode ser adaptada para as demandas do homem e da mulher, consulte o seu farmacêutico caso tenha maiores dúvidas. visite o site: www.centrum.com.br

Comprimidos a base de Ginseng

Se você é um adepto da medicina oriental já deve ter lido ou visto alguma matéria a respeito do Ginseng, esse composto é muito encontrado em muitas bebidas energéticas e outros produtos relacionados a esportes, os comprimidos de Ginseng são muito populares por recobrarem de forma muito rápida e eficiente a energia e a disposição que perdemos nas atividades diárias, embora também forneça outros nutrientes ao nosso corpo que são muito benéficos. A indústria asiática já trabalha com a eficácia do Ginseng há muitos anos, estudos apontam que os comprimidos a base de Ginseng pode reforçar a imunidade e as funções cardiovasculares.

Gostaram do nosso artigo? Não esqueça de compartilha o nosso conteúdo com os seus amigos, deixem as suas dúvidas e sugestões nos comentários, teremos o prazer em responde-los.

Cancer de Mama: o que devemos saber!

Quando o câncer de mama é encontrado precocemente, é mais provável que seja tratado com sucesso. Verificar o câncer em uma pessoa que não possui sintomas é chamado de triagem.

Testes de triagem para câncer de mama incluem, entre outros, exames clínicos de mamas e a própria mamografia, que é uma base muito importante no serviço de saúde para mulheres.

O médico ou outro profissional de saúde pode verificar os seios e as axilas, durante um exame clínico de mama, o que pode ser um sinal de câncer de mama.

outubro rosa cancer

Câncer de mama: o que é a “mamografia”?

“A mamografia é uma radiografia especial da mama e que muitas vezes pode detectar cânceres que são muito pequenos para uma mulher ou seu médico sentir. ”

Muitos estudos mostram que o rastreio de mamografia reduziu o número de óbitos por câncer de mama. Mas também, alguns outros estudos não mostraram um benefício claro da mamografia.

Então, você não pode obter resultados de 100%!

Mas, hoje em dia, não há outra maneira de verificar o câncer de mama com uma boa porcentagem. Sobre isso, os cientistas continuam a examinar o nível de benefício que a mamografia pode produzir. O Instituto Nacional do Câncer recomenda o seguinte:

  • Se você é uma mulher de 40 anos, você deve ter um exame de mamografia de um a dois anos.
  • Se você é uma mulher com idade igual ou superior a 50 anos, você deve ter um exame de mamografia de um a dois anos.
  • Se você é uma mulher com maior risco médio de câncer de mama, você deve procurar um conselho médico experiente sobre se deve começar a triagem antes dos 40 anos e com a frequência da mamografia de triagem.

Os resultados são entre 5 e 10 por cento de mamografias que apontam alguma anormalidade e requerem mais testes.

A única boa informação – a maioria desses testes de acompanhamento confirma que nenhum câncer estava presente.

O que será este “mais testes”? O médico chamará de “Biópsia”. O procedimento que é necessário tomar uma pequena quantidade de fluido ou remover um pedaço do tecido da mama para fazer um diagnóstico.

Apenas um médico pode realizar a aspiração com agulha fina, uma biópsia de agulha ou uma biópsia cirúrgica.

Este tecido vai no laboratório, e será verificado no examinador de patologias sob o microscópio. Os resultados permitem que ele veja se algumas das células são cancerígenas.

Atualmente, os médicos estão estudando outro novo tipo de biópsia cirúrgica que remove menos tecido mamário. Este novo tipo é chamado de biópsia de peito de agulha guiada por imagem ou biópsia estereotáxica.

Com este novo sistema, se aprovado para uso geral, podemos aguardar, que os resultados serão muito mais eficientes e claros, para que os médicos se tornem uma importante ferramenta cirúrgica.

Por favor, tome nota, que oitenta por cento das mulheres que têm uma biópsia cirúrgica da mama não têm câncer!

Mas tome nota, também, que as mulheres que têm biópsias de mama estão em RISCOS SUPERIORES de câncer de mama em desenvolvimento do que mulheres que nunca tiveram uma biópsia de mama.

Se você sabe que você terá talvez uma segunda opinião sobre as informações do médico.

Câncer de mama: o que pode ajudá-la?

Outras novas técnicas utilizadas para encontrar câncer incluem uma nova maneira de ler mamografias chamadas mamografia digital.

A ressonância magnética, a ressonância magnética e a ultra-sonografia são duas outras técnicas que os pesquisadores acham que podem detectar câncer de mama com maior precisão.

Fiquem espertas e mantenham sempre um calendário de exames clínicos periódicos, para manter sempre a saúde e beleza de seu corpo.