Alimentos Para Uma Boa Ereção

Resultado de imagem para alimentos para não broxar

Alimentos Para Uma Boa Ereção

Manter uma boa alimentação, não só favorece a olhar bem fisicamente, também ajuda a melhorar a atividade durante os encontros sexuais que tanto para o homem como a mulher é extremamente importante.
No caso dos homens dieta ajuda significativamente a ter uma boa ereção de seu membro viril e, por consequente, um bom desempenho na cama, algo que é justo e necessário em uma relação de casal.

Importância dos alimentos para melhorar a ereção
Naturalmente o homem tem em suas mãos o controle de sua vida sexual, ninguém melhor do que ele para cuidar de seu corpo e ter um forte, duradoura e prolonga a ereção.
Para isso é preciso ingerir alimentos verdes e livres de gordura que permitam uma melhor circulação sanguínea, que promovam a chegada suficiente de sangue para o pênis e para que fique lá durante um bom tempo, conseguindo o que tanto se quer: uma boa ereção duradoura.
Além dos problemas de ereção sejam normalmente por causas psicológicas, físicas, ambas, devem ser ingeridos alimentos que ajudam a manter uma ereção firme e duradouro, pois também pode ser desencadeada por deficiências nutricionais.

Mas quais são os alimentos para ter uma boa ereção? Vamos ver…
Alimentos para uma boa ereção duradoura
Não existem alimentos milagrosos que possam curar os problemas de ereção, mas sim existem alimentos que aliviam o pesadelo dos homens, e que tornam possível o ótimo desempenho do pênis durante o encontro sexual.
As ostras são perfeitas para a ereção, pois o seu teor de zinco melhora os níveis de testosterona e a função sexual.
O alho também é um bom remédio para a falta de ereção, pois, regularmente, aumenta a libido, sendo uma excelente opção para as refeições diárias.

Resultado de imagem para peixe

O peixe é inevitável, se você quiser durar mais tempo na cama. Este alimento é rico em Ômega 3 que permite melhor fluxo sanguíneo para a área pélvica e, consequentemente, uma maior erecção.
Tanto o consumo de atum, como o salmão e peixes de água doce, são excelentes alimentos para manter uma ereção firme e duradouro.

Outros ingredientes que você deve consumir de forma regular são a cebola branca, banana, pimenta de caiena e pimenta; estes ingredientes aceleram o desejo sexual e manter uma ótima saúde do pénis porque faz com que os vasos sanguíneos que trabalhem com maior eficiência.

Não se esqueça de óxido nítrico!
Ingerir alimentos com o óxido nítrico é vital para uma boa ereção, pois tem a capacidade de reparar as veias e artérias que enviam sangue para o pênis, melhorando a vascularização, além disso, em todo o organismo.
Esta substância é encontrada principalmente no Xtrasize (veja Xtrasize como comprar) , além de amêndoas, nozes e outros frutos secos, bem como a melancia. Os alimentos verdes, como espinafre, brócolis, alface e saladas têm nitratos, que permitem que o corpo é capaz de gerar óxido nítrico, um potente vasodilatador.

Alimentos ricos em antioxidantes também são importantes para o organismo e para a vida sexual; estes se encontram nos frutos vermelhos, entre eles morangos, amoras e mirtilos.
Além de ser um alimento, o chocolate amargo pode passar como um agrado, justo e necessário para melhorar o desempenho sexual. Essa delícia será mais eficaz quanto mais pura for, pois é um afrodisíaco que auxilia as artérias a se dilatar.
Pesquisas mostram que os homens que ingerem 50 gramas de chocolate diariamente poderiam melhorar sua vida sexual.

Quais alimentos você deve evitar?
Evite os alimentos processados e altamente refinados, assim como as gorduras saturadas. São prejudiciais para a saúde sexual, por isso que o homem deve cuidar de não consumi-los em excesso, embora o recomendado é evitá-los completamente.

Recomenda-Se não consumir tantas bebidas com cafeína, pois elas provocam menos ereções em homens, bem como os cigarros e o álcool.

Com poucas mudanças no estilo de alimentação pode verificar a melhora no desempenho sexual, não obstante, se a situação parece ter algum origem física é melhor consultar com um médico especialista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *